Vereador Oziel cobra mais segurança para a Orla de Camaçari

Foi na sessão desta terça-feira (14/11) que ao relatar um acontecimento violento envolvendo evangélicos que estavam em um acampamento em Barra do Jacuípe, no último final de semana, na orla de Camaçari, o presidente da Câmara, que o vereador Oziel (PSDB) pediu mais segurança para o município. O parlamentar cobrou uma posição do estado.

Por volta das 19h, quando o evento da Igreja Assembleia, presidida pelo Pastor Edvaldo Filho, estava esncerrando foi invadida por quatro meliantes que além de roubarem os pertences dos evangélicos, ainda bateram com facões nos adultos, jovens e até nas crianças. A policia foi acionada e dois meliantes foram presos.

O vereador Oziel bastante indignado com o ocorrido relatou que já teve diversas reuniões com autoridades de segurança da Orla. “Já conversei com o Major Leal, com Major Daniel e recentemente o Major Paraíso. Só o coordenador da Orla, que é primeiro vice-presidente da Assembleia de Deus já participou de outros 4 encontros e sempre é dito que falta investimentos na corporação”.

A segurança pública é de reponsabilidade do governo do estado, que não está cumprindo seu papel, de acordo com opinião de Oziel. “Estive com o secretário de segurança pública em junho e solicitei uma base para a orla. Ele me disse que não tinha verba para fazer esse investimento. É dessa forma que a gente quer atrair melhorias para a nossa cidade, atrair turistas para uma orla que a gente diz que tem lindas praias, se aqueles que moram lá, os pobres, os trabalhadores não tem segurança mínima, para um momento de retiro espiritual estarem reunidos”, desabafou.

Para finalizar o presidente clamou o apoio dos parlamentares. “Não podemos ficar calados e fazermos vista grossa, por que a população vai ter o sentimento de abandono. A policia tem se esforçado para fazer o policiamento, mas falta investimentos e equipamentos”.

 

Fonte: Portal Abrantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*